Ação chegou ao STF em maio do ano passado

Antes das sustentações orais da tribuna do STF, o relator Edson Fachin faz um resumo da ação sobre medidas cautelares impostas a parlamentares.

A ação foi protocolada em 16 de maio de 2016 pelos partidos PP, PSC e Solidariedade. Naquela época, era o caso do afastamento de Eduardo Cunha do mandato que estava em jogo.

Diego Amorim acompanha o julgamento em Brasília. Veja o comentário:

 

2 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200