PF ENTREGA A GEBRAN RELATÓRIO DA DELAÇÃO DE PALOCCI

Depois de cinco meses de trabalho, os investigadores da Polícia Federal concluíram a etapa de depoimentos e coleta de provas da delação de Antonio Palocci.

Os policiais apresentaram ontem, no final da tarde, a João Pedro Gebran Neto, um relatório em que defendem a efetividade da colaboração do ex-ministro e recomendam a concessão de benefícios.

Caso o relator da Lava Jato no TRF-4 concorde com a opinião da PF, o ex-ministro poderá deixar a prisão até o fim do ano. Ele está preso desde 2016.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 21 comentários
  1. Manda ela falar com a Márcia Tiburi candidata do Rio pelo PT, que ela vai lhe explicar que o assalto é valido pois é produto do meio violento onde vivem os bandidos. Ela disse isso em uma entrevist

  2. A sociedade … e sobretudo o eleitor brasileiro precisa ter conhecimento desta delação, antes das eleições presidenciais, para não ser vítima de mais um estelionato eleitoral, praticado pelo PT

    1. hum não é bem assim! o cara é um criminoso. Delatou seus companheiros de crime para reduzir sua pena. O Pais obviamente se beneficia da quebra da omertá, mas esse miserável aí sempre será um cr

  3. Humm, imagina o que ele contou! Fico imaginando o que ele sabe e ainda não disse, caso seja preso de novo por outros crimes. A caixa de pandora foi aberta deve ter muita gente sem dormir