Delator de Beto Richa diz que era “uma engrenagem” da corrupção tucana

No depoimento que prestou ao juiz Fernando Fischer, na semana passada, o engenheiro Maurício Fanini disse que pretende colaborar com a Justiça, mesmo sem ter um acordo de colaboração homologado.

“Quero colaborar porque estou profundamente arrependido. Quero passar a limpo a desonra que causei a mim e à minha família.”

Segundo o ex-diretor de Engenharia da Secretaria estadual de Educação, o esquema ilícito de arrecadação começou em dezembro de 2001 depois de uma conversa com o próprio governador. “Eu era uma engrenagem”, afirma.

Fanini prometeu entregar, no momento certo, os nomes de dezenas de empreiteiras que pagaram propina para Richa, que concorre ao Senado.

Confira na edição da Crusoé desta semana, como o tucano tem conseguido escapar da Justiça.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 7 comentários
  1. E ainda ajude Lula/PT

    www.oantagonista.com/brasil/lula-negocia-um-acordo-com-fhc/

    FHC:Não farei objeção a que o PT nos apoie.Naturalmente, isso significa também que não haveria objeção ao contrario

  2. Beto Richa é mais um nobre quadro da ORCRIM… assim como Alckmin, candidato oficial dos ladrões, ele encontrou a chave dos cofres do dinheiro público! #BOLSONAROPRESIDENTE é a solução!