Vídeo: “Eu não gosto de ler, eu tenho preguiça de ler”

Sobre as cartinhas para Lula, O Antagonista recorda esta entrevista do petista em 1981:

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

Ler mais 27 comentários
  1. Outro vídeo interessante é aquele onde ele agradece por não haver candidatos de direita com chances de se eleger nas eleições… deve ser por isso que o sistema está em pane com a chegada de Jair Bolsonaro no hall dos presidenciáveis…

    https://www.youtube.com/watch?v=SlWb-AfY42c

  2. Eu já tinha conhecimento da aversão do Lula aos livros e me recordo dessa entrevista.
    Mas quando eu notei um comentário dele no volume 2, da obra sobre Getúlio, de Lira Neto, não o comprei e joguei o primeiro volume, que estava lendo, no lixo.

  3. Nisso eu concordo com lula: não é fácil juntar as sílabas para ler.
    Exemplo: COR RUP ÇAO . O “pobrema” é juntar as letras e isso é realmente cansativo

  4. recordem também que Marcelo Odebrecht testemunhou e repetiu várias vezes a quem quisesse ouvir, que Lula é incapaz de ler meia página de contrato.
    Antes de chegar na metade da página, pedia a algum interlocutor e/ou assecla que lesse para ele e lhe explicasse.

  5. A preguiça tem cura, a ignorãncia pode ser corrigida, mas a psicopatia é defeito incurável. O que é a psicopatia? É de definição longa e complexa. Uma das suas caraterísticas é:
    1) Necessidade de fama
    2) habilidade para mentir
    3) habilidade para manipular
    4) simpatia
    5) amoralidade
    6) crença na própria mentira
    O Lula foi uma construção da esquerda e ele gostou disto. Muitos iguais a ele se aproximaram dele e formaram seu círculo mais intimo .Adotaram tambem
    o rótulo de socialista, essa grife dá status, mas eram mesmo só ladrões.
    Lula escolheu Dilma porque ela era obediente. Ele queria que ela guardasse o lugar para ele, mas ela gostou de ser paparicada.

  6. Só que monte de gente votou nesse “ homem sério” e tornou presidente …. Resumindo : o povo vota e vota e não pensa nada no que vai acontecer, tendo $$$ não liga para quem vota. Sem $$ , aí vota com a “seriedade”. ?.. isso repete em qualquer lugar do mundo.