Em carta a Bolsonaro, presidentes de associações médicas mostram preocupação com Mandetta

Em carta a Jair Bolsonaro, presidentes de entidades médicas, sem citar nominalmente Luiz Henrique Mandetta, manifestam “preocupação com boatos nos últimos dias sobre nomes cotados” para o Ministério da Saúde do governo do presidente eleito.

Para eles, Bolsonaro “precisará de um Ministro da Saúde que entenda da área, tenha conhecimento técnico, apoio e confiança dos médicos brasileiros, além de experiência e competência técnica em gestão”.

“Estamos acompanhando a formação do seu novo ministério com grande empolgação. Nomes como o do juiz Sergio Moro, do economista Paulo Guedes e do astronauta Marcos Pontes ratificam o compromisso com escolhas técnicas para comandar as pastas, sem loteamento político e influência partidária, e, principalmente, todos com ficha limpa e que não estejam sendo investigados. Para o Ministério da Saúde, a expectativa é de que tenhamos um nome assim, que se encaixe nesse perfil.”

Em seguida, apresentam “o nome de Lincoln Lopes Ferreira, médico com largo histórico de participação e contribuição para a medicina brasileira, inclusive na luta franca e declarada contra os desmandos e a ideologização do Ministério da Saúde nos últimos governos”.

“Ele é hoje presidente da Associação Médica Brasileira e já foi, por dois mandatos, presidente da Associação Médica de Minas Gerais. É formado pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais, em 1982, especialista em Cirurgia Geral, Gastroenterologia e em Administração em Saúde. Recentemente recebeu a comenda Honra à Ética, conferida pelo CRMMG.”

Confira a íntegra da carta e o nome dos mais de 70 signatários: AQUI.

Mandetta foi acusado de autorizar pagamentos indevidos por serviços não executados

Um lobista pode causar dor de cabeça a Bolsonaro. Mas nenhum grande jornal contou isso para você ainda. LEIA

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 99 comentários
  1. Vai ser difícil separar o joio do trigo. Os sindicatos médicos e conselhos regionais de medicina estão infestados de socialistas. Abortistas e defensores da liberação das drogas entre outras…

  2. Agora a coisa vai ser feita da maneira correta, sem falcatrua, na lei .Talvez fique inviável mesmo para um governo Socialista que gosta de doar o que não lhe pertence . Parabéns Presidente Bolsona

  3. Sou médico. Não conheço nenhum dos doutores signatários e não pertenço a nenhuma das tantas associações. Lembro do Mandetta defendendo a medicina , a saúde e os colegas médicos dos descalab

  4. Pelo estado das coisas e pelas coisas escolhidas por Bolsonaro, se o ZEMA fizer um bom governo à frente de Minas, algo me diz que AMOEDO será um fortíssimo candidato para 2022! A conferir…

    1. Só para você ter uma idéia. Em 2000 o sindicato dos médico de Cuiabá – MT, associou-se à CUT para brigas políticas e defesas salariais. Atualmente CRMs defendem a liberação das drogas e abort

  5. O General Azevedo foi um IMPOSIÇÃO do General Vilas Boas, para vigiar o Tofoli de dentro de seu gabinete. Agora ele continua sua missão com o poder de ministro da defesa !! depois do Jobim…

  6. O capitão deve escolher um nome por si só. Já escutou demais alguns aliados, ao nomear Onyx, e ao nomear, depois de ouvir a bancada suprapartidária, a Tereza. Agora é a vez do presidente.

  7. Discordo da posição das associações. O Sen Mandetta sempre foi atuante em defesa da profissão médica e sempre me senti mais representado por ele do que pelas associações de classe!

  8. Recebemos suas recomendações, mas hoje estamos descrentes de qualquer Grupo e vcs sabem muito bem o motivo. Quem é CRMMG ?? Foi fundada sob quais critérios??? Esquerda corrupta nunca mais.

    1. Crmmg – Conselho Regional de Medicina MG, entidade fiscalizadora do exercício da medicina em cada estado. Em 1957 Jk sancionou a lei criando os conselhos

  9. Precisa esclarecer urgente se o Mandetta pisou na bola e, se comprovado, que não seja ministro, que seja julgado e condenado ou inocentado pelo STF. Se não dever nada, a escolha pode dar certo.

  10. Eu sou médico e afirmo que os CRMs e o CFM estão lotados de egregios conselheiros Lulo petistas. Acredito desconfiando desta nossa cúpula! São políticos e não técnicos! A história do Mandetta

  11. Realmente tem que colocar gente que entenda do cargo que cá ocupar e de preferência que não seja mais um rato, e parece que este perneta do Mandeta tem uma manchinha a esclarecer,Descartar.outro…

    1. Aí quando o caldo entorna,não foi ninguém.A Dilma fez muito disso e olha no que deu.Não foi para isso que o Bolsonaro foi eleito,tem que ter responsabilidade pelo que o escolhido faz ou deixa de f

  12. Antagonistas, vcs me formaram a percepção no campo político, pensei a mesma coisa que os médicos, e ainda intuo:Bolsonaro tem de se afastar do “amigozedriceu”, antes q sj tarde, coisa está degr

  13. Qual será a contribuição das associações de médicos espalhadas pelo Brasil, para ajudar na melhoria da gestão da saúde pública? Indicar nome de ministro tá cheirando corporativismo.

    1. As sociedades médicas não tem condições de agir sem apoio do ministro da saúde. O mais médicos por exemplo,as sociedades médicas foram contra mas o minist da saude implantou assim msm

  14. Discordo da indicação da AMB, claramente corporativista. Só vai servir para puxar a sardinha para os médicos. Tem que ser alguém comprometido com paciente e NÃO tenha rabo preso com essas Associ

  15. Saúde, educação e infraestrutura tem de ser comandados por técnicos, são ministérios usados para subjugar a população, se Bolsonaro insistir em colocar indicados políticos cairá em desgraça

  16. Saúde e Educação não podem deixar milímetros de dúvida.Concordo c/a reivindicação.Só penso que Dr. Henrique Prata(Barretos)seria um nome que uniria competência e apoio popular.Fundamentais h

    1. João, H Prata não é médico, mas é de família de médicos com histórico de filantropia, humanidade e reconhecida administração de H Prata na continuação da obra deixada pelos seus pais.

  17. A saúde hoje gasta 115 bilhões por ano. Daria para pagar um plano de saúde de 75 reais por mês para cada brasileiro que não tem plano hoje !! A saúde tem dinheiro, deveriam terceirizar tudo !!

    1. Não é médico e Barretos tem bastante doações e capital privado. Teria que pegar alguém que sobreviveu na penúria do SUS e fosse médico.

  18. A esmagadora maioria dos médicos e entidades médicas brasileiras apoiaram, desde o princípio, a candidatura de Bolsonaro. E Lincoln é realmente um excelente nome! Tem pessoas limpas com competênc

  19. Para o Ministério da Saúde, basta pegar qualquer superintendente de hospital SUS com mais de 500 leitos que conseguiu mantê-los ou aumentá-los na crise e esse será um verdadeiro milagreiro!