Filho de deputado é assaltado em área nobre de Brasília

O filho do deputado distrital Agaciel Maia (PR), ex-diretor-geral do Senado e pivô do escândalo dos atos secretos, foi assaltado nesse fim de semana, enquanto abastecia o carro no Lago Sul, área de nobre de Brasília.

O Correio Braziliense divulgou as imagens do momento em que um homem passa pelo posto em uma moto, observa o cliente e, em seguida, estaciona atrás da loja de conveniência e anuncia o assalto.

O bandido levou o relógio do filho do deputado.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 56 comentários
  1. DEVE SER A INTERPRETAÇÃO DESSAS MAXIMAS POPULARES QUE SE ADOTAM VEZ POR OUTRA. NESTE CASO PARECE TER SIDO ADOTADA A QUE DIZ: “DINHEIRO DO POVO EM BENEFÍCIO DO POVO.” -Vai saber.né?

  2. A Governadora do RIO DE JANEIRO, MÁRCIA TIBURI, a mais inteligente e sábia Doutora em Filosofia do Materialismo Histórico de Adorno, Marx, Marcuse….. justifica: “O jovem, que parece NEGRO, é oprimido pelas elites capitalistas rentistas de Brasília, pois que não pode ter um JAGUAR e ROLEX e ROUBA.

  3. F.O.D.A-S.E ELE.

    ISSO ACONTECE TODOS OS DIAS E EM TODOS OS LUGARES COM O POVO HONESTO E TRABALHADOR QUE SUSTENTA A CORJA DE POLÍTICOS ONDE O PAI DELE INCLUI-SE.

  4. Brasil, país dominado pela baixa e pela alta bandidagem. Os da baixa nos roubam o relógio, cordão, celular, carro, muitas vezes a vida.. os de cima continuam rindo da nossa cara, conspirando, mentindo e, eleição após eleição vão nos fudendo sem dó, roubando nossa dignidade. Não aceito mais isso.

  5. CONTINUAÇÃO: b) a banalização da violência: o assaltado entrega o relógio, como que dá uma esmola (não deve ter sido a primeira vez que foi assaltado); o primeiro frentista (agachado) faz cara de paisagem; o segundo (em pé) nem repara no ocorrido. E a vida segue…

  6. Este vídeo mostra duas coisas, basicamente: a) a riqueza da elite de Brasília, mormente a dos funcionários públicos corruptos (quem se lembra do caso Agaciel, sabe do que eu falo): parece que poucos reparam no carrão do filhinho do papai;

  7. ESTÃO SENDO VÍTIMA DA SEGURANÇA QUE DÃO AOS CIDADÕES QUE OS ELEGERAM.
    É UM CASO PARA O SUPER BOLSONARO RESOLVER.
    COMO DIREITOS HUMANOS DA OAB SÓ SERVE PARA CUIDAR DOS BANDIDOS, JÁ QUE NEM VÃO EM VELÓRIO DE VÍTIMA, PRECISAMOS DE UMA REANÁLISE PROFUNDA, E DEVEMOS MUDAR ESSE DH PARA ATENDER AS VÍTIMA

  8. Impressionante a falta de qualidade de vídeo dessas camaras bagaceiras e baratas de segurança. Essas imagens praticamente não servem pra nada, pois mostram apenas borrões.

    1. Além do mais, muitos entram no serviço público com cargos privilegiados através de formas fraudulentas.

    2. Todos os filhos da elite judiciária, legislativa e burocrática, se aproveitam de privilégios e assumem os melhores cargos, e com informações privilegiadas, lucram escandalosamente. Veja os negócios milionários de Tiago Cedraz, por exemplo, ou as filhas dos ministros nomeadas como desembargadoras…

  9. Que pena que só levaram o relógio, tinham que ter sequestrado a pessoa assim que sabe o papai dele faria alguma coisa por nós brasileiros em relação a segurança pública!

  10. O Brasil, desde o ECA/1990, entrou numa decadência moral, parece, sem volta. A perda da autoridade da família facilitou a caída nos jovens na delinquência. A nossa esperança deveria ser o Congresso, mas…