Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Globo defende SBT

O Globo diz que a decisão de Bolsonaro de sediar a Copa América deve ser investigada, mas sem incluir as TVs que compraram direitos de transmissão
Globo defende SBT
Foto: Marcos Corrêa/PR

O Globo, em editorial, defendeu o… SBT:

“A proposta estapafúrdia de investigar emissoras por cumprir contratos e fazer seu trabalho não pode prosperar num estado democrático de direito. A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão tem toda a legitimidade para investigar os impactos da realização da Copa América no Brasil. Mas não pode fazê-lo expulsando de campo as liberdades constitucionais.”

Como diz o jornal, ridicularizando a propaganda bolsonarista, a Copa América seria transmitida pelo SBT de qualquer maneira:

“Foi a desistência dos anfitriões que levou a Conmebol a sondar a CBF. A confederação, então presidida por Rogério Caboclo, procurou o presidente Jair Bolsonaro, que de pronto aceitou abrigar a competição. Nem quis saber de estudo de impacto na saúde dos brasileiros ou de consultar o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. A decisão coube a Bolsonaro. Se ele não quisesse, a Copa América não seria aqui. As emissoras de TV fariam a cobertura fosse na Colômbia, na Argentina ou em qualquer outro lugar. Alguns patrocinadores até desistiram do evento para não associar suas marcas ao uso político que Bolsonaro tenta fazer dele.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO