Vídeo: confusão entre taxistas e motoristas de Uber

Logo depois de relativa calmaria, a polícia precisou intervir mais uma vez para que não houvesse confronto entre taxistas e motoristas de Uber na Esplanada dos Ministérios.

Clique abaixo para ver o vídeo feito pelo repórter Diego Amorim.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler 5 comentários
  1. Donos de táxi cobram entre 100 e 140 reais por dia de cada motorista. Isso dá entre 3.000 e 4.000 por mês sem fazer nada. Geralmente coloca dois motoristas, 12 horas de turno cada um. Não paga 1 centavo de imposto sobre esses ganhos e explora motoristas, que sequer tiram um dia de folga.
    Diante disso, está cada vez mais difícil para as máfias dos táxis conseguir escravos que aceitem essa humilhação, pois todos estão migrando para os aplicativos. Até alugando o carro que dirige, o cara ganha mais do que ganhava antes e ainda tem seus descansos.

    1. Isso mesmo, muitos têm de oito a dez concessões, alugam o carro, o motorista paga acima de RS 4.500,00, mensais e arca com todas as despesas inclusive manutenção do carro, muitos dirigem dia e noite para pagar o aluguel , o dono da concessão só tem o trabalho de receber o dinheiro, isso sim, é escravidão.

  2. A população aprovou o serviço do Uber. Qualquer decisão contrária será contra a população. O cidadão é livre de escolher o serviço que ele quer. O que está acontecendo é que um grupo de taxistas liderados por um conhecido mafioso da zona sul de São Paulo está querendo impor um monopólio à população. Caros senadores, o PT está fora do poder e não vai voltar mais. A tendência é que desapareça. Se vocês votarem contra o Uber e a favor da máfia estarão votando contra a população e isso não será esquecido!

    1. Fora mafia dos taxista, sindicatos, socialistas, etc. Taxistas sao carregadores de malas de dinheiro. Vamos todos de UBER, Cabify, 99.

Os comentários para essa notícia foram encerrados.