Vídeo: O apoio com ressalvas à reforma da Previdência

O deputado Aguinaldo Ribeiro, líder da maioria na Câmara, anuncia o apoio de líderes à reforma da Previdência, com ressalvas.

Assista:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 86 comentários
  1. Olha só a cara dos mercenários. Se o governo negociar eles aprovam na íntegra, que vergonha. E o povo não faz nada. Bora botar pressão nesses canalhas que são contra o Brasil, esses anti-patriot

  2. Querem retirar da reforma justamente o q sustenta vagabundo, o BPC e a aposentadoria rural, duas excrescências q garantem a malandros q nunca trabalharam o mesmo 1 SM d quem vai trabalhar 45 anos!

    1. Se de ver os políticos vaga.bundos do nordeste com medo do governo federal já valeu meu voto ! Os esquerdoides ricos ! Pare de falar bobagem teu fresco!

  3. Uma dúvida: por que razão essa ajuda a idosos e portadores de deficiência têm que ficar na Previdência e não na Assistência Social? Previdência é prá quem contribuiu com o INSS.

    1. Exato, esses penduricalhos é que causam o défict!!! Para você receber um salário mínimo de juros, tem que ter 400 mil reais poupados!!! Isso tem que sair da previdência. Foi criado por Lulla.

    2. concordo, deveria desvincular do salario minimo, assim estes coitados vitimas de um estado corrupto, leniente, bandido, fdp poderiam ter um tratamento mais digno.

  4. Esses deficientes e os idosos que não contribuiram vão ficar sem os 400 reais progressivos? Esses politicos acham ZERO melhor que 400 progressivos? Como podem ser tão cinicos assim? Aprovem a Refor

    1. a capacidade neural destes tomadores de decisão fica limita aos tecidos adiposos de suas fartas nadegas, assim tomam decisões piores que uma ostrea edulis. Nao sao burros, nao vamos ofender o animal

  5. Presunção de legitimidade – é aquele representante do povo que realiza a tarefa executiva representada pelos atos administrativos, atendendo o direito positivo e interesse coletivo. Quem ????

  6. O establishment não quer reforma da previdência, tributária, política, trabalhista, patrimonial, ou seja, tá muito bom p/ 10% da população que abocanha 44% da renda. 180 milhões briguem pelas

    1. Como transformar gado em uma força coesa e focada o suficiente para exterminar essa corja e destruir o Estado que eles construiram?

  7. Não fará falta a retirada dos tópicos, agora, o que o congresso precisa fazer é arregaçar as mangas e trabalhar em prol do país e não fazer pressão por favores para aprovar nada! O país aguar

    1. Esperavam que o chamado “Centrão” ficasse contra a reforma, não é mesmo? Mas mesmo os fisiológicos da Câmara sabe que ele é inadiável, ou o país vai pro vinagre!

  8. O bode saindo da sala. Agora fica a impressão de que a reforma será branda. Melhor para o país. Quanto antes reformarmos esse monstrengo, melhor para a nação. Servidores Públicos vão chorar.

  9. Parabéns aos parlamentares que estão dispostos a ajudar o Brasil e superar o deficit .. embora haja pessoas iludidas que sã contra, os parlamentares precisam aprovar a reforma para o bem do país

  10. Quanto mais o governo fala de reforma da previdência, mais sua popularidade derrete…. Guedes e a previdência são cavalos de tróia dentro do governo Bolsonaro, que prometia combater o crime.

    1. Engano seu…. se assim fosse, os que apoiavam a previdência do Temer teriam sido reeleitos, o que não foi o caso, eles foram barrados pelo eleitor em sua maioria.

  11. Bolsonaro vendeu segurança na campánha mas está entregando a reforma da previdência do Temer. Bandidos numa boa e trabalhadores recebendo chumbo. E o governo derrete. Fora Guedes!!!!

    1. Fiz essa pergunta um esquerdista daqui de Sérgipe como resolver os problemas depois dos roubos do PT ! Como sempre saiu de fininho 🖕

  12. Se os antagonistas lessem seus próprios posts antigos, veriam que o mesmo Aguinaldo, ex-ministro de Dilma e réu no STF, disse que a reforma do Temer seria votada impreterivelmente até 28/02/2018.

    1. Exato. Inclusive a desconstitucionalizacao que o banqueiro Guedes tanto queria foi solenemente enterrada nesse vídeo aí. Deve ser por isso que ele bem foi na CCJ.

    2. Não passou a do Temer, não vai passar a do Bolsonaro, que é mais dura ainda, e geraria trilhões de lucros para os bancos.

  13. Tem q ser justa…. aposentadoria rural tem de ter idade mínima menor mas tem de ter recolhimento. Cuidado congressistas para nao desidratar…. o Brasil precisa voltar a ser justo e eficiente…..

  14. Esses deputados tem que parar de bla bla bla e trabalhar, já passou da hora! Eles jogam pra cima dos outros as responsabilidades deles, se continuar assim tem que chamar o cabo e o soldado!

  15. O comunista Bozo enganou a milhões de eleitore. Era contra essa reforma dos infernos, eleito passou a favor. Sempre elogiava Hugo Chavez, votou no Lula ladrão e no Ciro Gomes. A mim não engana.

  16. Como sempre vão fazer uma reforma MEIA BOCA , tipico do povo brasileiro descendente de INDIO , que acredita que tudo é de graça e não precisa contribuir nem trabalhar. POVO SEMPRE UM COITADINHO!.

    1. 30 anos de populismo virou isso ai! Segundo o IPEA em 2016 nós tinhamos 11,5 milhões de funcionários publicos nas 3 esferas (federal, municiapal e estadual)… vc acha que essa turma quer perder?

  17. Esses políticos inconsequentes acham que com essa frescura toda obterão vantagens. Ledo engano; se a reforma da previdência não for aprovada, todos perderão. Principalmente as elites deste País.

  18. Os privilegiados saíram da reforma. Esse deputado foi mais justo, tirando não privilegiados. Mas tb não concorda em tirar da CF ‘cidadã’ o tema. Resultado: não tem reforma.

    1. Repugnante demais. Ginasião, essa turma. A que horas aconteceu, antes ou depois do encontro com os governadores ? TACADA DE MESTRE do Guedes. Mestre. TV passa batida e nem menciona.

  19. Estou sentindo um clima melhor para a Previdência hoje. Pode ser impressão, mas parece que as lideranças assumiram protagonismo. É assim mesmo. Depois vão marcando encontros com Presidente.