ACESSE

A Semana em 5 Pontos: Dallagnol na berlinda e Centrão no comando

Telegram

Diego Amorim nos conta, também em vídeo, o que podemos esperar dessa semana em cinco pontos:

1) Julgamento de Deltan Dallagnol

Amanhã, terça-feira, o Conselho Nacional do Ministério Público (CNPM) julgará três casos envolvendo o procurador Deltan Dallagnol.

São pedidos de punição ao procurador apresentados pelos senadores Renan Calheiros e Kátia Abreu e pela defesa de Lula. O julgamento poderá afastar Dallagnol da Lava Jato.

No fim de semana, mais de 2,5 mil membros do Ministério Público assinaram um manifesto em favor de Dallagnol.

2) Bolsonaro no Nordeste

Jair Bolsonaro voltará ao Nordeste, onde tem aumentado sua popularidade, em razão, por exemplo, do pagamento do auxílio emergencial em meio à pandemia da Covid-19.

Desta vez, o presidente visitará o estado de Sergipe, para a inauguração de uma usina termoelétrica nesta segunda-feira.

Na quarta-feira, Bolsonaro poderá se reunir com o deputado Luciano Bivar, presidente nacional do PSL. Na pauta do provável encontro, a reconciliação de Bolsonaro com o partido pelo qual foi eleito em 2018.

3) Dossiê sobre antifascistas no STF

Dias Toffoli pautou para quarta-feira o julgamento da ação que busca suspender a coleta de informações de inteligência, pelo Ministério da Justiça, de opositores do governo.

A ação, apresentada pelo partido Rede Sustentabilidade, também pede abertura de inquérito para investigar a postura do próprio ministro da Justiça e da Segurança Pública, André Mendonça, no episódio.

O tal dossiê se refere a 579 agentes de segurança, professores e “formadores de opinião” que o governo identifica como integrantes do “movimento antifascista”.

4) Criação do TRF-6 na pauta

Rodrigo Maia deve tentar votar mais uma vez nesta semana, no plenário da Câmara, o projeto de criação de mais um tribunal federal: o TRF-6, com sede em Belo Horizonte.

O autor da proposta é o atual presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha.

Na semana passada, o relator da matéria, deputado Fábio Ramalho (MDB) enviou uma carta aos colegas pedindo “encarecidamente” a votação do projeto.

5) A pauta no Congresso

A semana promete ser movimentada no Congresso Nacional. Na terça-feira, o deputado Ricardo Barros (PP) deverá ser oficializado como novo líder do governo na Câmara, no lugar de Vitor Hugo (PSL).

Os deputados poderão votar o socorro às empresas de ônibus. E os senadores deverão analisar a PEC do Fundeb, que já passou pela Câmara.

Na quarta-feira, está prevista sessão do Congresso para a análise de vetos ao pacote anticrime.

Bom dia e boa semana.

Leia mais: CHEQUES DE QUEIROZ A MICHELLE BOLSONARO: O PRÓXIMO CAPÍTULO

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 8 comentários