A Semana em 5 Pontos: A decisão de Regina e Davos sem Bolsonaro

Diego Amorim nos traz os principais destaques da semana em cinco pontos (assista ao vídeo abaixo):

1) A atriz Regina Duarte pode decidir hoje se assume a área de Cultura do governo de Jair Bolsonaro.

O cargo ficou vago na semana passada, depois da demissão de Roberto Alvim, que divulgou um vídeo com referências a um discurso do ministro da Propaganda da Alemanha nazista, Joseph Goebbels.

Carluxo vai levar? Saiba mais

A reação ao episódio foi rápida: em menos de 15 horas, Alvim estava exonerado, e, dessa vez, o presidente evitou dar declarações espontâneas sobre o assunto — pelo menos por enquanto.

2) Na terça-feira, Jair Bolsonaro reunirá seus ministros pela primeira vez em 2020.

O presidente nega que haja uma reforma ministerial, ainda que pequena, à vista.

3) Nesta semana, haverá o Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, e sua equipe vão representar o governo brasileiro. A ideia é anunciar que a economia está se recuperando e, assim, tentar atrair investimentos externos consideráveis.

O apresentador Luciano Huck, provável candidato ao Planalto em 2022, e o governador de São Paulo, João Doria, também estarão no Fórum.

4) Hoje o ministro Luiz Fux assume a presidência interina do Supremo Tribunal Federal.

Ele ficará no comando da corte até o fim de deste mês, quando, enfim, acabará o recesso judicial.

Vamos continuar acompanhando os julgamentos urgentes mais importantes encaminhados ao tribunal nesse período.

5) De resto, seguiremos monitorando as candidaturas para as eleições municipais de outubro e a escolha de novos líderes partidários no Congresso.

Bom dia e boa semana.

Comentários

  • Paula -

    A quem Luciano Huck estará representando em Davos ?

Ler 2 comentários