Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Em carta de despedida, comandante diz que FAB é instituição de Estado

Em carta de despedida, comandante diz que FAB é instituição de Estado
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em carta de despedida, o comandante da Aeronáutica, Antônio Carlos Bermudez, disse que a Força Aérea é uma instituição de Estado e que a missão de seus integrantes é “balizada pelos inarredáveis preceitos constitucionais”.

No texto, ele agradeceu ao efetivo da FAB durante os “tempos difíceis” da pandemia, que segundo ele, atua com o objetivo de salvar vidas.

“Portanto, prezados integrantes da Força Aérea, acreditem na relevância da nossa missão que, balizada pelos inarredáveis preceitos constitucionais, coopera para a soberania daquilo que nos cabe: o espaço aéreo”, afirmou.

Bermudez disse que foi exonerado por decisão de Jair Bolsonaro.

“Na manhã de hoje, tomei conhecimento da decisão do presidente da República, Jair Bolsonaro, de exonerar-me do comando da Força Aérea Brasileira. Recebi essa notícia como um bom soldado, que dedicou 46 anos de sua vida a servir seu país”, escreveu.

Antes de a demissão ser oficializada, Bermudez e os comandantes do Exército, Edson Leal Pujol, e da Marinha, Ilques Barbosa, decidiram entregar seus cargos, em reunião pela manhã com o novo ministro da Defesa, Walter Braga Netto.

A decisão ocorreu em razão da decisão de Bolsonaro de dispensar Fernando Azevedo e Silva do Ministério da Defesa — ele se recusava a politizar as Forças Armadas para defender as medidas do governo, sobretudo ligadas ao combate à Covid.

Assista:

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO