Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Maria da Penha: "MP não independente significa mulheres desprotegidas"

Em vídeo divulgado há pouco nas redes sociais, a bioquímica defendeu a rejeição da PEC da Vingança, que tramita na Câmara dos Deputados
Maria da Penha: “MP não independente significa mulheres desprotegidas”
Reprodução: Redes Sociais

Maria da Penha divulgou um vídeo nas redes sociais nesta sexta-feira (15) pedindo a rejeição da PEC da Vingança, que aumenta a influência política sobre o Ministério Público.

A bioquímica defendeu a independência do MP como um pilar para o combate a crimes do gênero.

“Na luta contra a violência doméstica, promotores e procuradores agem para garantir o direito da vítima e, acima de tudo protegê-la. No entanto, uma PEC quer limitar a autonomia desse trabalho, o que trará prejuízos para todo esse trabalho.”

Segundo Maria da Penha, se a PEC for aprovada, milhões de mulheres podem ficar desprotegidas.

“O MP não independente significa não só mulheres desprotegidas, mas toda a sociedade. Os brasileiros não podem permitir isso e devem dizer não à PEC 05.”

Maria da Penha foi alvo de duas tentativas de assassinato do próprio marido e ficou paraplégica em 1983. Seu caso virou um símbolo da luta contra a violência doméstica e deu origem à Lei Maria da Penha, em 2006, que visa a combater crimes do gênero.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO