Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Médico preso por piada sexista no Egito chora e diz que foi 'infantil e infeliz'

O médico Victor Sorrentino fez uma live no Instagram em que pediu desculpas
Médico preso por piada sexista no Egito chora e diz que foi infantil e infeliz
Foto: Reprodução/Redes Sociais

O médico Victor Sorrentino, detido no Egito após fazer piada de cunho sexual a uma vendedora muçulmana, fez uma live no Instagram nesta terça-feira (8) em que admitiu que foi infeliz e infantil.

Esse foi o primeiro pronunciamento público de Sorrentino, que voltou ao Brasil no domingo.

“Eles me investigaram e foi uma investigação maçante. Eu sofri muito, muito mesmo. Passei os melhores e piores momentos da minha vida. Os piores porque eu nunca imaginei que eu fosse passar por aquilo e nunca imaginei que minha família fosse passar pelo que ela passou.”

O médico falou várias vezes que não quer justificar seus atos, que assume ter errado.

Sou homem o suficiente para reconhecer todos os meus erros. Fui infeliz e infantil.”

Assista:

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO