ACESSE

Vídeo: governo se endivida para bancar partidos políticos

Telegram

Como se não bastasse a farra do fundão eleitoral de R$ 2 bilhões, há mais um escândalo no projeto aprovado pelo Congresso.

O senador Oriovisto Guimarães, do Podemos do Paraná, explicou:

“Desse total, R$ 1,7 bilhão o governo vai ter que tomar dinheiro emprestado. Vai aumentar a dívida interna para distribuir dinheiro para os partidos políticos.”

É isso mesmo: para repassar aos partidos os R$ 2 bilhões do fundão, o governo terá de tomar emprestado R$ 1,7 bilhão. É um escárnio.

Assista:

Lava Jato coloca a lupa sobre os negócios de Lulinha, que agora é alvo preferencial das investigações. CONFIRA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 49 comentários