Vídeo: o acordo da JBS em Nova York

O grupo J&F, dono da JBS, admitiu culpa nesta quarta-feira (14) em um tribunal federal em Nova York por pagar mais de US$ 150 milhões em propina a autoridades brasileiras, em troca de financiamento usado em parte para comprar ativos nos Estados Unidos.

O documento do Departamento de Justiça americano descreve, sem citar nomes, as autoridades que teriam recebido os subornos. É bem interessante a descrição do “Brazilian Official 1”.

Assista:

Leia mais: Marco Aurélio e o caso André do Rap: como a lei (e a mais alta corte do país) pode ser usada para libertar um criminoso considerado perigoso?
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO