Um Senado de suplentes

A revista Crusoé desta sexta traz um perfil de figuras desconhecidas que têm uma atividade parlamentar próxima de zero

As excelências ocultas

Você possivelmente não sabe que eles são senadores da República. Mas esteja certo de que eles sabem desfrutar – e muito bem – de todas as mordomias que o cargo lhes dá

Eliane Nogueira, a mãe de Ciro

A senadora assumiu o cargo quando o filho foi chamado para ser ministro de Jair Bolsonaro. Não é preciso dizer mais nada.

Alexandre Giordano, o senador da churrascaria

Chegou ao Senado com a morte de Major Olímpio, em março do ano passado. Em um único almoço de domingo, em uma churrascaria conhecida de São Paulo, ele gastou 1.130,10 reais de dinheiro do contribuinte

Chiquinho Feitosa, o cunhado de Gilmar

O senador é irmão de Guiomar Mendes Feitosa, mulher de Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal

Maria Eliza de Aguiar, a empresária da educação

Ela estreou em eleições em 2018, como suplente de Confúcio Moura, de Rondônia. Ao assumir, prometeu foco na área educacional

Leia mais

Assine a Crusoé e conheça mais sobre essas e outras figuras ocultas do Senado

Acesse outros Web Stories